terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Dica ninja para treinamento ou evento com os funcionários


Essa é uma dica ninja para ser utilizada em qualquer treinamento ou evento com funcionários.

No dia do evento os funcionários devem ser fotografados em vários momentos (entrada, nas dinâmicas, na pausa para o café, durante as palestras, etc). Essas fotografias devem ser usadas para montar uma apresentação em mosaico.

A pessoa responsável por encerrar o evento deverá anunciar que a partir daquele dia a empresa terá uma nova gama de colaboradores composta por pessoas especiais, queridas e vencedoras (pode mudar os elogios conforme o tema do evento)

Após dizer essas palavras o condutor dirá: apresento-lhes essa equipe. Nesse momento em um telão deverá surgir o mosaico sendo construído com as fotos dos colaboradores e a música "O sal da terra" de fundo.

Participei de um evento com essa técnica e também apliquei em uma palestra que conduzi e em ambas as ocasiões foi emocionante.

Quem testar me conta como foi, se possível mande o vídeo, eu sempre me emociono com essa técnica.

Para adquirir a música pela itunes segue o link abaixo.


https://geo.itunes.apple.com/br/album/o-sal-da-terra/id213977672?i=213977712&mt=1&app=music&at=1000lt52

sábado, 24 de dezembro de 2016

Dinâmica: Caiu em mim



Objetivo: Esta dinâmica pode ser considerada um exercício de integração, no entanto, é mais adequada para grupos que já se conhecem, objetivando o lazer e a descontração.

Procedimentos:

1.      Orientar para que todos fiquem sentados em círculo;
2.      Distribuir papel e lápis para cada participante;
3.      Cada pessoa escreverá no seu papel alguma coisa que o vizinho da direita deverá realizar. Pode ser qualquer coisa: imitar alguém, cantar uma música, imitar um animal, etc;
4.      Deverão assinar o nome e entregar o papel para o facilitador.
5.      Após recolher os papéis o facilitador discursa: "Aquilo que você quiser para si não deve desejar para os outros... Portanto, o que você escreveu, quem vai executar é você!

6.      Iniciar por voluntários, até que todos tenham concluído.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Dinâmica: Meus sentimentos


Objetivo: apresentação e conhecimento

Material: papel, lápis de cor.

Desenvolvimento: cada um deve desenhar os sentimentos, as perspectivas que têm.
Dar um tempo para este trabalho individual que deve ser feito em silêncio, sem nenhuma comunicação.
Num segundo momento as pessoas reúnem-se em subgrupos e apresentam-se dizendo o nome, de onde vem, mostrando o seu desenho e explicando-o.
O grupo escolhe um dos desenhos para ser o seu símbolo apresentando-o e justificando.

Pode-se também fazer um grupo onde cada um se apresenta mostrando e comentando o seu desenho.

Dinâmica: do 1, 2, 3


Objetivo: Quebra-gelo

Procedimento: Formam-se duplas e então solicite para que os dois comecem a contar de um a três, primeiro um começa, depois o outro.
Solicite que ao invés de falar o número 1, batam palma, os outros números devem ser pronunciados normalmente.
Depois solicite que ao invés de falar o número 2, que batam com as duas mãos na barriga, o número 3 deve ser pronunciado normalmente.
Solicite que ao invés de falar o número 3, que deem uma "reboladinha".
A situação fica bem divertida.
Se for aplicar essa dinâmica em uma empresa ou para um grupo formal substitua a reboladinha por pulinhos.


Dinâmica: "DNA/Herança Genética"


Objetivo: Descobrir os traços de personalidade herdados da família
Material: 1 Folha A4 para cada participante, Canetas hidrocor, lápis de cor ou giz de cera, Música ambiente.


Participantes: Deve ser acima de 15 participantes


Tempo: Tempo: 25 min.

Procedimento: 
O coordenador reflete com o grupo as características genéticas que herdamos de nossos parentes mais próximos. Às vezes um comportamento ou atitude revela uma característica do avô, do pai, da tia, etc. Este exercício irá promover no grupo uma apresentação grupal a partir das qualidades da árvore genealógica de cada um.
Entregue uma folha A4 para cada participante. Dobre-a em 4 partes e nomeie as partes com sendo A, B, C e D. Coloque música ambiente.
Na parte A o participante deverá desenhar livremente como ele enxerga os avós maternos (colorindo bem o desenho) e ao lado de cada um vai anotar uma qualidade e uma falha que percebe em cada um dos avós maternos.
Na parte B o participante deverá desenhar livremente como ele enxerga os avós paternos (colorindo bem o desenho) e ao lado de cada um também vai anotar uma qualidade e uma falha que percebe em cada um deles.
Na parte C o participante deverá desenhar Pai e Mãe e seguir o exercício anotando a principal qualidade que nota nos pais e também a principal falha.
Na parte D ele deverá desenhar um autorretrato (como ele se vê)e observando as qualidades e falhas da família, deverá anotar que características herdou e de quem herdou. Escrever também na folha o nome e a idade.
Após o término dos desenhos, o coordenador orienta o grupo a sentarem-se em trio e comentar sobre suas heranças. 



Análise: A análise deste jogo se dá pela valorização que damos à genética, à nossa história de vida pessoal baseada nos valores e comportamentos familiares. Da percepção que temos do espaço social chamado Família.
Que personagem da família foi mais fácil desenhar?
Dentre as qualidades que você herdou, qual foi mais confortável anotar? Por que?
Que característica você nota em seus familiares e você ainda não possui? Deseja possuir?
Que sentimentos este exercício trouxe à tona?
Que herança é mais fácil herdar? Características ou valores financeiros?

Google Analytics Alternative