Dinâmica da poção mágica

Duração:30 minutos

FUNDO DE CENA: certa vez numa expedição, encontramos um velho índio muito sábio. Um eremita que nos deu umas poções mágicas capazes de despertar certas qualidades em quem as tomar.

POÇÕES MÁGICAS: são feitas com balas de gomas coloridas, preferencialmente, em formato de coração. Cada cor deve ser colocada em um recipiente diferente (um potinho de cerâmica indígena , por exemplo), pois cada um é um remédio específico para as carências pessoais.

À frente de cada pote de poção coloca-se um plaquinha com a qualidade a que ela se destina. Por exemplo,
criatividade, tolerância, entusiasmo, colaboração.....

O Mestre do Jogo conta a história e diz que resolveu partilhar este tesouro com os participantes. Pede, então, que cada um reflita nas qualidades que deseja desenvolver e/ou adquirir. Dá-se alguns minutos para
esta reflexão e quando todos estão prontos são instruídos a levantarem-se e, um a um , tomar dos potinhos as poções de que necessitam. São avisados previamente de que devem apenas pegá-las e voltar para seus lugares em silêncio, sem ingerir a poção, o que deverá ser feito em ritual. Quando todos já estiverem sentados, o Mestre do Jogo, pede que cada um, caso deseje, fale qual poção pegou e por quê.

Encerra-se com a Canção Andança, na versão original e faz-se um pequeno comentário sobre a necessidade de expressar os sentimentos e sobre a gratidão (pegando o gancho das palavras de agradecimento da Beth Carvalho).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google Analytics Alternative