Reforma trabalhista - Opinião - Artigo 4 § 2º - Tempo à disposição do empregador





Print da página (http://www12.senado.leg.br/noticias/arquivos/2017/07/13/veja-a-integra-do-projeto-que-foi-aprovado)

*  *  *  *  *
 Minha opinião:

Trabalhei por 12 anos com gestão de pessoas e nesse tempo vi coisas absurdas que os funcionários faziam para receber horas extras, e o que me deixavam indignada é que moviam processo contra a empresa e ganhavam, vou citar algumas delas:

1º Uma mas empresas era um supermercado, os funcionários dormiam no depósito em cima dos fardos de arroz, papel higiênico, etc, faziam isso na hora do almoço e após o expediente mas não marcavam o cartão de ponto antes da soneca, exemplificando uma pessoa que almoçava das 12 horas às 13 horas almoçava, tirava uma soneca e quando voltava marcava o cartão de saída quando ia escovar os dentes por volta das 12:45  e às 13 horas quando ia voltar ao posto de trabalho marcava o retorno, computando assim que só tinha feito 15 minutos de almoço. Essa era uma prática normal e a empresa obrigada a pagar horas extras e quando o encarregado não assinava as horas extras a pessoa processava a empresa e ganhava, os funcionários tinham esse acordo de um ajudar o outro.

2º Em outra empresa que trabalhei tinha uma cantina e após o expediente os funcionários passavam lá para confraternizar, fazer um lanche, aguardar a carona, enfim várias coisas menos trabalhar mas mesmo assim marcavam o ponto apenas na hora que iam embora das dependências da empresa, o resultado disso a cantina foi extinta pois além de proporcionar a comodidade de um espaço de lazer a empresa ainda tinha que pagar hora extra aos funcionários que não estavam trabalhando.

3º Troca de roupa. Quanto tempo você usa para trocar de roupas? Em menos de 5 minutos eu me troco mas já vi casos de pessoas que trabalhavam de uniforme que levavam 30 minutos (principalmente mulheres) e computavam essas horas como hora extra.

Sempre vi como abuso essas práticas pois legalmente um funcionário é muito caro para a empresa e se tem abusos o prejuízo é maior. Não estou defendendo as empresas mas vejo como desonesto um funcionário que faz esse tipo de coisa. Claro que temos empresas desonestas, sei disso mas temos muitos funcionários metidos a espertos também e acho que absurdo as pessoas não terem noção do que é certo ou errado.  

As vezes acho que vivo no planeta errado pois na minha cabeça a pessoa não pode exigir o que não tem direito ou será que eu sou a errada????

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google Analytics Alternative